A Amizade é um Amor que nunca morre!

Terça-feira, 28 de Setembro de 2010

 

- SOL: A simplicidade de dizeres a alguém que é lindo como me disseste agora, é quando vês no espelho o teu olhar e descobres que o brilho que tem é a natureza renascida do reflexo do teu coração no meu.

 

- LUA: Não posso adorar-te… simplesmente a palavra a usar terá de ser uma de maior significado… cúmplice, intima. Como a flor do sorriso quando acordo de manhã e pareço uma criança que sonhou a cor-de-rosa e sente por ti saudades de todas as cores.

 

- SOL: Normal é. Porque assim como o sol desce sobre o mar e abre o peito à luz no outro dia, ansioso, também tu fechas as janelas das pálpebras para o sono e acordas como eu no dia seguinte, à noite. E existimos… Impossível não sentir falta do filtro que purifica as nossas emoções.

 

- LUA: Se me cobrires de beijos liga o interruptor da minha pele. Quero que grave onde quer que toques o aroma dos teus lábios, como se fossem navegantes à sorte das marés, em busca de territórios desconhecidos com tesouros de ternura inesgotável e infinita.

 

- SOL: Não me faz falta apenas a tua voz cósmica de estrelas cadentes em que mergulhei num dia de chuva intensa que me aflorava nos olhos em cascatas. Faz-me falta também a lava incandescente do teu abraço e a estação amena das tuas mãos que mês resgate do frio da tua ausência; do teu corpo colado no meu, em sonhos, como se apenas de uma alma se tratasse.

 

- LUA: Se estivesses aqui estremecias com o toque frio das mãos na tua pele, dos beijos no pescoço e na nuca, e as carícias no teu rosto e corpo. Aí, poderíamos não ter asas mas por certo voarias ao meu lado, juntos, rumo ao teu pôr-do-sol.

 

- SOL: E de certeza que eu te deixava nas nuvens com o toque dos meus lábios nos teus e em seguida em todo o teu corpo…

 

- LUA: Primeiro sentei-me. Contorci-me sobre o meu edredon, depois de me deixar cair para trás na cama celeste. Como se me espreguiçasse. Desejei esses teus lábios de fogo tocando-me e pensei: “ Estarei de novo a sonhar ou é mesmo realidade ter encontrado um ser tão lindo e maravilhoso como tu? “

 

- SOL: Olhos nos olhos agora te encontrava. De beijos me inundavas? Com os teus lábios queimavas a minha pele de desejo? Poderia eu descobrir e abrigar no meu peito a sensualidade da tua voz? No fundo caminhar contigo, abraçados… no mesmo e único destino… só nosso.

 

( Olharam-se ambos nos olhos, choraram de saudade infinita e prometeram amor eterno um ao outro )

 

A eternidade no nosso amor será sempre o nosso sentido, a nossa saudade, a verdadeira ternura… Amo-te Sol. Amo-te Lua. Amo-te cumplicidade de nós dois…

 

publicado por desabafos_da_Ana às 15:43
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
29
30


últ. comentários
Obrigada, uma Boa Páscoa para ti tambem. Um beijin...
Olá amiga Ana . parabéns pelo bom gosto na escolha...
Olá grande Amigo, fico feliz que tenhas gostado. E...
Olá! Venho só dar-te os meus parabéns pelo bom gos...
Obrigada Mano, acertaste no dia mesmo em cheio, fo...
Olá minha querida amiga. Só hoje encontrei o teu c...
Meu querido Mano e Grande Amigo, que saudades. Est...
É um poste de alguém que sempre soube o que quer e...
Obrigada! Sabes este post nao é sobre o amor, é so...
Muito poderoso o teu texto sobre o amor. Há nova p...
mais sobre mim
subscrever feeds